Davos não assumiu nada com a educação 

O 500 Toques faz muito uso de cookies no navegador

Por favor, ative os cookies nas preferências do seu navegador antes de entrar.

Fonte (Imagem): Psiconlinews
21/08/2018
Roney Cesar Signorini

Davos não assumiu nada com a educação

Transformar a força de trabalho passou a ser o maior desafio estratégico enfrentado pelas empresas que esperam ter sucesso no próximo século. E, como a transformação das pessoas dá-se através da educação, o desafio é principalmente de educação e reeducação de todos os níveis e grupos dentro das empresas. José Ernesto Lima Gonçalves Entre trombetas de uma fanfarra, iniciativa juvenil de Donald Trump, os salões do meeting 2018 foi só um evento, uma passarela fashion cujos resultados de discussões do interesse planetário ficaram ao largo. Isso porque de há muito os participantes esperavam que finalmente as coisas “aconteceriam'. Mas não, seguiram-se governantes discursando na tribuna e que em nada deixaram de substantivo para os quase 8 bilhões de habitantes terrenos. O ambiente estava mais para mercado persa de compra e venda, escambos e consignações, de tudo, de agulha de costura a armamento militar. Em que pese o clima majoritariamente comercial, como se tudo o mais não tivesse de estar na pauta, como poluição, educação, desigualdades, etc., do fórum na Suíça, emitiram-se sinais inequívocos de otimismo. Quiçá inebriados pelo momento global de recuperação econômica, os líderes participantes, em sua maioria, gabaram-se dos indicadores positivos de seus países.

Leia na íntegra

views 89

comentários 0

0

Deseja comentar essa notícia?

Últimos comentários



Negócios

Anunciar

Central de ajuda

Contato

X

Recuperar senha!