Percalços da escultura 

O 500 Toques faz muito uso de cookies no navegador

Por favor, ative os cookies nas preferências do seu navegador antes de entrar.

04/08/2017
Francisco Cesar Pinheiro Rodrigues

Percalços da escultura

O turista, após breve chuvisco, visita a pequena e velha cidade acompanhado de um guia local que discorre sobre tudo mas silencia ao passar ao lado de uma estátua de bronze em que um personagem histórico, orgulho local, está em posição inusitada: agachado, pernas bem abertas, o braço direito erguido empunhando a espada. Estranhando o silêncio, o turista, homem de letras, pergunta o significado daquela grotesca posição. O guia, contrariado, explica que o prefeito anterior contratou medíocre escultor para fazer uma estátua equestre, mas como não pagou o combinado o artista — sujeito mercenário, insensível —, jurou que só acrescenta o cavalo depois de totalmente pago. Como o chuvisco deixou gotas no rosto do agachado, ao turista pareceu que as gostas eram de suor pelo interminável sacrifício da posição.

views 134

comentários 0

0

Deseja comentar essa notícia?

Últimos comentários



Negócios

Anunciar

Central de ajuda

Contato

X

Recuperar senha!