Trump e o caso com a atriz pornô 

O 500 Toques faz muito uso de cookies no navegador

Por favor, ative os cookies nas preferências do seu navegador antes de entrar.

26/01/2018
Francisco Cesar Pinheiro Rodrigues

Trump e o caso com a atriz pornô

É inacreditável a vulgaridade atual da política americana. Não tenho a mais remota admiração por Donald Trump, um elefante em loja de louças. Todavia, seus inimigos não ficam atrás na mediocridade com que, por vezes, o atacam. Seus acusadores precisariam provar que são santinhos na matéria. A última vulgaridade, hipócrita, é o alarde em torno de um “affair', em 2006 — quando Trump não era político —, com uma atriz pornô, cujo nome de guerra, bem sugestivo, era Stormy (tempestuosa) Daniels. Qual a necessidade de atacá-lo, agora, tantos anos depois, colocando sua esposa em situação vexatória, forçada a “tomar uma atitude'? Espero que Melania, sua mulher, tenha personalidade forte o suficiente para afastar, com um piparote de desprezo, esse dejeto de passarinho que caiu em seu ombro, sabendo que todo homem é, por instinto, polígamo. E muitas mulheres, mesmo não pornôs, costumam se jogar no colo de homens milionários. O dinheiro, ou fama, as enlouquece. Se Trump pagou 130 mil dólares para abafar a chantagem, é assunto privado. É cômico o relato da “donzela': —“Eu me lembro que, durante o sexo, ficava torcendo para que ele não tentasse me pagar. Não queria que ele pensasse que eu era uma prostituta'. E detalha que o sexo com o hoje presidente era “genérico', “uma posição só'. Opinião de especialista. E finaliza que revelou o caso movida pelo arrependimento de ter se envolvido com um homem casado'. É santidade demais; dela e de seus patrocinadores.

views 150

comentários 0

0

Deseja comentar essa notícia?

Últimos comentários



Negócios

Anunciar

Central de ajuda

Contato

X

Recuperar senha!